Dicionário Estraviz. Inicio
Início > Resultado da pesquisa

Pesquisa no dicionário

Também podes experimentar a pesquisa avançada

    dar

    v. tr.
     
    (1) Ceder, entregar gratuitamente: não to empresto, dou-to. ≃ conceder, doar, gratificar, presentearconservar
     
    (2) Ceder em troco de: dou-to por seis euros.
     
    (3) Conceder, outorgar: este trator dá-lhe muito rendimento. ≃ conceder, conferir, doarreceber, tirar
     
    (4) Promulgar: dar leis.
     
    (5) Destinar: dar horas ao ócio.
     
    (6)
    fig. Atribuir a: sempre lhe dá a razão.
     
    (7) Pôr a disposição de: dar as cartas, dar o braço, a mão (para que alguém se apoie, se guie, etc.); dar os dados de um problema (para resolvê-lo); dar uma semana de férias; dar sombra; dar (acesso, vista, etc.) ao, para o jardim.
     
    (8)
    ext. Produzir: esta árvore não dá peras.
     
    (9) Entregar, pôr em mãos de alguém a pessoa ou cousa para que se faça cargo dela, para guardá-la, arranjá-la, etc.: dei-lhe a carta para que ta enviasse; dei-lhe as ferramentas para que as afiasse; deu um filho a um tutor.
     
    (10) Fazer que alguém ou algo receba os efeitos de uma ação: dar uma labaçada; dar uma classe; dar uma festa; dar nome a uma rua; dar uma capa de betume.
     
    (11)
    ext. Declarar, exprimir, manifestar: dar pêsames; dar sinais de alegria.
     
    (12) Prescrever: dar instruções.
     
    (13) Exalar: dar bom cheiro.
     
    (14) Causar: dar nojo.
     
    (15) Emitir: dar berros.
     
    (16) Achar (seguido de com): já deu com a carteira; já deu com a ideia.
     
    (17) Derribar: deu com ele no chão.
     
    (18) Tornar, desviar, repelir: não é capaz de lhe dar volta ao lume à beira das casas.
     
    (19) Acertar, atinar (seguido de em): dar no conto.
     
    (20) Considerar (seguido de por): dá-lo por sabido.
     
    (21) Executar, realizar: dar saltos.
     
    (22) Emprestar: nós dávamos sempre a corte para a ruada; os titeriteiros queriam que alguém lhes desse um curral para as sessões.
     
    dar a alma ao Criador: morrer.
     
    dar a cara: manifestar-se com valentia.
     
    dar as de Vila-Diogo: fugir.
     
    dar cabo: concluir.
     
    dar cabo de: matar.
     
    dar cachote: matar.
     
    dar carrete: dar conversa: o guicho veio para me dar carrete.
     
    dar cheda: ajudar.
     
    dar colo: erguer a parte traseira de uma cântara para que não verta o líquido fora do recipiente onde o deita.
     
    dar com a mãe dos anhos: achar a solução; descobrir algo.
     
    dar com a porta no bico: rejeitar alguém: quando lhes fomos reclamar os nossos direitos, deram-nos com a porta no bico.
     
    dar couces contra o aguilhão: fazer algo contra si mesmo.
     
    dar dado: dar barato ou gratuito.
     
    dar de comer ao demo: gastar inutilmente.
     
    dar em: recuperar a consciência ou os sentidos: depois da desmaio, dei em mim um quarto de hora mais tarde. ≃ voltar a si
     
    dar estoupido: fazer algo surpreendente (no mal senso).
     
    dar fim: acabar.
     
    dar jeito a: fazer algo com jeito.
     
    dar o chicho: morrer.
     
    dar o coração: pressentir.
     
    dar o corpo, a espinha: pressentir.
     
    dar o duro co teso: juntar-se a fame com a gana de comer, ser tal para qual.
     
    fig.
     
    dar o vem-te comigo: engaiolar, cativar uma mulher: houve uma época em que vinham homens alheios e não sei bem como eles faziam para que muitas moças lhes dessem o vem-te comigo.
     
    dar palavra: prometer.
     
    dar-lhe à trenla: falar muito.
     
    dar pau a alguém: não lhe levar a contrária, não lhe responder, seguir-lhe o conto: apesar das barbaridades que comentava sobre a gente da aldeia, eu segui dando-lhe pau para ver do que era capaz.
     
    dar-lhe um verde à vista: recrear a vista.
     
    dar pousada: hospedar, alojar: hei de dar pousada a toda pessoa que vier da tua parte.
     
    dar pouso: remudar, dar um descanso a alguém: levaram o defunto três quilómetros entre os vizinhos dando pousos.
     
    dar sebo aos pés: fugir rapidamente.
     
    dar sorte: fazer caso.
     
    dar terra: enterrar, encovar: fez oito dias que lhe demos terra a meu sobrinho.
     
    dar tino: assentir.
     
    dar um amprão: fazer um esforço.
     
    dar um cote: fazer um nó.
     
    dar um dedo e colher uma mão: descomedir-se.
     
    dar um quite: dar um golpe, fazer uma acometida.
     
    dar uma no cravo e outra na ferradura: acertar e desacertar.
     
    dar uma visita: visitar.
     
    não dar fala (ou uma fala), não dar chio: não falar.
     
    não dar pancada: ser lacazão.
     
    não dar uma sede de água: ser tacanho.
     
    v. i.
     
    (1) Bater: esse mestre dá nos rapazes.
     
    (2) Incidir: o sol dá-lhe na cara.
     
    (3) Topar, bater: dar com os focinhos na parede.
     
    (4) Chegar: o cadáver foi dar à praia.
     
    (5) Regressar, retornar: sobre as três da tarde demos volta.
     
    (6) Cair: dar de cu; dar na trampa.
     
    (7)
    fig. Incorrer: dar num erro.
     
    (8) Sobrevir: deu-lhe a gripe.
     
    (9) Ser suficiente: esta moeda não dá para um café.
     
    (10) Vir à ideia. Ter costume, mania ou vontade: deu-lhe por cantar.
     
    (11) Soar ou cumprir-se as horas: já deram as cinco.
     
    (12) Resultar: tudo aquilo deu em nada.
     
    (13) Fazer reparo: não dá polo que está a passar ao seu lado.
     
    (14) Atinar: não dá com a solução do problema.
     
    (15) Achar, encontrar: por muito que o procuro, não dou com o livro.
     
    dá-lhe, a dar-lhe: teimar.
     
    dar-lhe ao rabo: rabejar.
     
    dá-lhe que dá-lhe: contínua, insistentemente.
     
    dar a cria: notar, após uma apalpadela, que a vaca emprenhou.
     
    dar a escachar: bater com força.
     
    dar a recachas: como tem merecido.
     
    dar-se ao cheiro: dar-se importância, aparentar.
     
    dar um remaço: dar um golpe.
     
    dar à língua: parolar.
     
    dar à luz: parir a mulher.
     
    dar à sanca, ao soco: andar muito.
     
    dar ao rabo: responder com evasivas e com astúcia.
     
    dar aos dentes: dar e não falar.
     
    dar consigo em: chegar a um lugar que não se esperava.
     
    Mar.
     
    dar de: virar para: dar de arca de couso.
     
    dar de mão: cessar num trabalho ao chegar a hora.
     
    dar de olho: chiscar o olho para advertir algo.
     
    dar de si: sofrer abalo ou deslocação.
     
    dar em brando: não achar resistência.
     
    dar em terra: arruinar-se.
     
    dar e tomar: disputar.
     
    dar génio: agradar: dá génio vê-la.
     
    dar nas mataduras: bater onde mais dói.
     
    dar no vivo: agredir material ou espiritualmente no que mais dói. Bater com força.
     
    dar que falar: causar comentários, produzir escândalo.
     
    dar que fazer: causar moléstias, trabalhos, cuidados, incomodar.
     
    dar que vão dando: responder golpe por golpe.
     
    ir dar um raite: ir dar uma volta.
     
    ser (bom ou mau) de dar: desaparecer com facilidade ou não, especialmente uma mancha.
     
    loc. interj.
     
    quem dera (ou quem + pronome pessoal + dera): oxalá!: quem me dera ir!
     
    v. pron.
     
    (1) Dedicar-se com afã ou com vício, entregar-se: não se dão as laranjas; dá-se bem o milho.
     
    (2) Lograr-se: as filhoas não se dão bem em todas as tijolas.
     
    (3) Suceder: deram acontecimentos inesperados.
     
    (4) Ressentir-se: a besta dá-se de uma mão.
     
    (5) Definhar, decair, deteriorar-se: desde que enviuvou, tem-se dado muito.
     
    (6) Ceder: depois de feita a parede deu-se um tantinho.
     
    (7) Acostumar-se, afazer-se, habituar-se: não se dá bem no campo.
     
    (8) Estar de acordo, viver em harmonia: dá-se bem com todo o mundo.
     
    (9) Importar: não se me dá que o faças.
     
    (10) Realizar uma ação (seguido da preposição a): deu-se a correr.
     
    (11) Considerar-se (seguido da preposição por): dar-se por conforme; dar-se por morto.
     
    dar-se a mão: ajudar-se.
     
    dar-se ao demo: desesperar-se.
     
    dar-se às boas: razoar.
     
    dar-se as mãos: casar. Apertar-se as mãos em sinal de amizade, cumprimento, saúdo, etc.
     
    dar-se aos demos: irritar-se.
     
    dar-se com um coio no peito: mostrar-se satisfeito em relação a como podia ter acontecido algo ou ponderando e relativizando as circunstâncias.
     
    não se me dá nada: não me interessa.
     
    Rfrs. A dar ninguém se põe rico. A mal dar, paciência e baralhar. Mais dá quem quer que quem tem. O que dá logo dá duas vezes. O que muito dá logo se cansa.
     
    [lat. dare]
Parceiros
e-Estraviz Acerca do Estraviz
Correções e Sugestões
Instruções
Aviso Legal
Privacidade e Proteção de Dados
Outros sites: Através|Editora
Portal Galego da Língua
Wiki-Faq do Reintegracionismo
Associaçom Galega da Língua Fundação Academia Galega da Língua Fundaçom Meendinho